Você está disposto a dar um passo à frente e liderar? Ou você está bem em ser um gerente?

Image for post
Image for post

Na última semana, vi uma reportagem que me saltou aos olhos, sobre uma mãe que enfrentou três dias de viagem de barco para levar filha à prova do Enem em Manaus.

Distante daqui, em um vale no Quênia, uma mulher chamada Lucy está ganhando dinheiro suficiente para colocar seus filhos na escola particular, porque conseguiu comprar uma vaca, graças a uma organização chamada Juhudi Kilimo.

E, em Santa Maria- RS, uma comunidade onde jovens estudantes estão aprendendo a se apaixonarem pelo violoncelo e outros instrumentos, porque alguns professores se importaram o suficiente para verem o seu “eu” completo, e levarem um pouco de alegria para a cidade.

Todos os três exemplos são histórias sobre liderança.

Liderança não é gestão. Gestão é algo que a maioria de nós entende.

É ter um chefe que nos diga o que fazer. Que a gestão é bem-sucedida quando leva as pessoas a fazerem o que elas já fazem há tempos, mais rápido, mais barato e talvez um pouco melhor.

Mas o que os gerentes fazem não é liderança.

A maior prova disso são as sempre atuais pesquisas que revelam o óbvio: Profissionais pedem demissão devido a chefes “tóxicos”. Profissionais geralmente trocam de chefe, não de empresa.

Talvez o maior erro seja que, durante muito tempo, a figura do líder foi atrelada a figura do gerente. Como sabemos e presenciamos no mercado de trabalho, essa equação está longe de ser verdadeira.

Existem gerentes que são péssimos líderes e bons em planejamento, em manter as coisas organizadas e nos trilhos. Existem gerentes que são de fato líderes.

A liderança é totalmente diferente. Liderança é uma escolha.

Liderança é o que chamamos quando alguém dá um passo à frente e faz com que uma mudança aconteça. Uma mudança que pode não funcionar. Uma mudança em nossa cultura, para as pessoas que estão com a gente. Lidar com o ambiente.

Líderes precisam de outras pessoas para ajudá-los a fazer essa mudança. Então, se você está fazendo tudo sozinho, desculpe, mas isso não é liderança.

É importante, mas não é liderança.

Liderança é o que chamamos quando você precisa engajar outras pessoas a irem com você onde você está indo e levá-los para ajudá-lo a explorar as possibilidades do que, possivelmente não aconteceria se você não estivesse liderando.

Então, como você pode imaginar, liderança é muito importante.

Todas as coisas ao nosso redor, as coisas que usamos, os direitos civis que desfrutamos, a vida que vivemos, é devido a alguém ser um líder.

Então é por essa pergunta que devemos começar:

Você está disposto a dar um passo à frente e liderar? ou você está bem em ser um gerente?

E não há nada de errado em ser um gerente. Nós precisamos de gerentes.

As companhias aéreas não voariam, o lixo não seria removido, as coisas não seriam publicadas ou impressas, a comida não estaria na sua mesa se não fosse pela gerência.

Então está tudo bem em ser um gerente.

Mas este é um texto sobre liderança.

Então a primeira coisa que precisamos falar é sobre isso.

Você quer ser um líder?

Se sim, qual é a mudança que você está tentando fazer?

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store